Visita de Março: teve samba, teve batuque e teve muita animação!


Quase um mês depois do Carnaval, mas ainda existia alegria e disposição para comemorar. Juntamos essa nossa animação e seguimos até a Obra Social do Engenho Pequeno para mais uma Visita Solidária.

Fomos muito bem recebidos pela Tia Madá e sua filha, Eliane, e ficamos muito impressionados com o ambiente sadio e agradável que elas conseguem oferecer para suas crianças, apesar de todas as dificuldades.

Tia Madá e sua filha Eliane

A história da organização é também muito bonita. Começou quando Eliane precisou da ajuda de sua mãe para cuidar de sua filha e assim conseguir voltar a trabalhar como professora. No início Tia Madá tomava conta apenas da neta. Com o passar do tempo, outras famílias foram precisando de sua ajuda e então surgiu a necessidade e o sonho de criar uma creche. Para ajudar na compra do terreno e na construção do imóvel contaram com uma ONG e funcionários de um banco italiano.

várias fotos com as instalações da organização

Atualmente a organização passa por mais dificuldades do que nunca. Com a suspensão do repasse dos recursos fornecidos pela Prefeitura de São Gonçalo, os salários ficaram atrasados, funcionários precisaram ser dispensados e alguns já entraram na justiça. Estão todos muito preocupados, pois a organização corre o risco de fechar. Para ajudá-los a passar por essa situação difícil com um pouco mais de tranquilidade, fizemos uma arrecadação em dinheiro, através dos amigos solidários. Ainda assim a situação continuará bastante complicada.

Depois de conhecer a organização e sua história, começamos a nos preparar para a festa. Como a ideia era prolongar um pouco o Carnaval, preparamos uma oficina de percussão para as crianças. Baldes e copos com pedrinhas foram utilizados como instrumentos e para caracterizar ainda mais o clima carnavalesco, as crianças foram incentivadas a enfeitar seus instrumentos.

Crianças enfeitam seus instrumentos

Fantasias também não poderiam ficar de fora, foi então que nos pintores de rostos entraram em ação.

15

Álbum completo com todas as fotos da Visita, você vê aqui!

20Crianças fantasiadas e instrumentos prontos, partimos para o batuque geral. E para comandar a oficina de percussão, nada mais, nada menos que Mestre Penha, do Bloco Simpatia é Quase Amor. Foi alegria que não acabava mais!

Mestre Penha mostrou para as crianças que elas podem fazer seus próprios instrumentos com reciclagem Ele próprio começou a batucar num surdo feito com lata e saco de cimento.

23

Para nossa felicidade, terminamos a visita com enormes sorrisos nos rostos e muita esperança de que a situação da Obra Social do engenho Pequeno vá melhorar.

25

Até a próxima!

Comentários (0)