Um ano depois da Campanha Financeira: como anda o Batuque Legal


Em novembro de 2015 o projeto Batuque Legal cadastrou a Campanha Financeira “Instrumentos para Batucar” no E-Solidário para realizar seu sonho de comprar instrumentos para suas crianças.

Até então, o projeto, que acontece no Centro Sociocultural Lectícia Fonseca, contava apenas com o enorme desejo de ensinar música a crianças carentes, com a boa vontade e insistência dos seus professores e com pedacinhos de pau, latinhas, mãos e corpo das crianças, para batucar. Com isso, nem todas as crianças se mostravam interessadas. Era preciso um pouco mais.

Crianças do Projeto Batuque Legal tocam na aula de percussão

Entre o início de novembro e final de dezembro a Campanha foi ao ar na nossa Rede. A meta era conseguir R$ 4.000,00 para a compra de 3 Surdos, 4 Taróis, 5 Tamborins, 5 Agogôs, 17 Talabartes, 6 Baquetas para Surdo e 17 Baquetas para Tamborim. Para a surpresa de todos, a arrecadação superou todas as expectativas e foi possível comprar o dobro do que havia sido estimado!

Crianças do Projeto Batuque Legal tocam jongoDepois da chegada dos instrumentos, não apenas o interesse pela oficina de percussão aumentou, como foi possível atender a mais crianças, inclusive ampliar a faixa etária que era de 4 a 7 anos, para até 14 anos. Junto com isso, o número de crianças participantes quintuplicou! De 10 crianças, passaram a participar do projeto, 56!

 

Marcelo, um dos idealizadores do Batuque Legal, descreve sua emoção e a transformação que a compra dos instrumentos significou para o projeto:

“No dia que esses instrumentos chegaram, eu chorei muito. A assistente social, Marilza, que trabalha comigo, também ficou bastante emocionada, porque ela sabia que era a realização de um sonho. E com a chegada desses instrumentos, o que antes era uma oficina de percussão, acabou virando um bloco, o Batuqueiros do Amanhã, que no final do ano 2016 fez um desfile na Vila Olímpica de Vila Isabel com a participação de 82 crianças. Tudo isso está nos possibilitando muita coisa boa, porque a música transforma. Tem uma frase que eu sempre passo pra as crianças e pra todo mundo que diz: A música é a arte de manifestar os afetos da alma mediante o som.”

Duas meninas com fantasia de Escola de Samba posam pra foto

Ainda segundo Marcelo, depois da chegada dos instrumentos, o projeto tem conseguido criar um laço forte com suas crianças. Principalmente com aquelas que não ficam no Centro todos os dias. Elas tem ficado menos tempo nas ruas, porque são cobradas em relação a isso e também estão melhorando significativamente suas notas no colégio, pois o boletim de todas é verificado pelo projeto frequentemente.

Além disso, graças ao desfile do bloco, o projeto ficou mais conhecido e com isso os pais passaram a participar mais ativamente e mais pessoas se ofereceram para trabalhar como voluntários do Batuque Legal.

Crianças do Projeto Batuque Legal tocam seus instrumentos com fantasias de bateristas de Escola de Samba

“Resumindo tudo, esses instrumentos foram uma benção e nós só temos a agradecer muito, muito mesmo a toda a equipe aqui do Centro Cultural Lectícia Fonseca e que Deus abençoe a todos!”, agradece Marcelo.

E para terminar esse artigo com chave de ouro, um vídeo maravilhoso das crianças batucando com seus instrumentos, que deixou a todos nós, do E-Solidário, muito emocionados!

Parabéns, Batuque Legal!!!

Comentários (0)